Thalma de Freitas é indicada na categoria de jazz latino por álbum assinado com o compositor norte-americano John Finbury.

Residente em Los Angeles (Califórnia, EUA) desde 2012, a artista tem o disco Sorte! indicado ao prêmio de Melhor álbum de jazz latino – categoria que costuma concentrar indicações de artistas brasileiros na mais importante premiação da indústria fonográfica norte-americana ao lado da genérica categoria de world music.

Capa do álbum ‘Sorte!’, de John Finbury com Thalma de Freitas

Lançado neste ano de 2019, o álbum Sorte! apresenta seis músicas cantadas e compostas por Thalma em parceria com o compositor norte-americano John Finbury. Coube a Thalma escrever em português as letras das músicas FilhaMaioOndasOraçãoSorte! e Surrealismo tropical.

Músicos brasileiros – como o percussionista Airto Moreira, o violonista Chico Pinheiro, o baterista Duduka da Fonseca e o pianista Vitor Gonçalves – participaram da gravação do disco, editado pelo selo Green Flash Music.

O disco de Thalma de Freitas com John Finbury concorre ao prêmio de Melhor álbum de jazz latino no Grammy 2020 com discos de Chick Corea e Rubén Blades, entre outros relevantes nomes associados ao jazz latino.

O álbum Sorte! foi produzido por Emilio D. Miler, mixado por Ary Lavigne e masterizado por Carlos Freitas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *